October 24, 2009

Liberdade de Religião Ameaçada


Esta eh uma mensagem de protesto e tristeza. Eu sempre achei que homossexuais e outros tem que ser reconhecidos como filhos de Deus, e serem amados de tal forma. Mas conseguir direitos sob ameaca, vandalismo, destruicao, alem de outros meios terriveis que tem havido mundo afora, eh vergonhoso e hipocrita.

Elder Dallin Oaks discursou ontem na BYU-Idaho sobre os acontecimentos que estao minando a liberdade de religiao mundo afora, especialmente nos Estados Unidos:


http://newsroom.lds.org/ldsnewsroom/eng/news-releases-stories/religious-freedom


Como ex-juiz, ele comenta que a justica agora e as leis impostas estao beneficiando minorias com novos direitos humanos, mas em contra-partida, quebrando leis da propria Constituicao Americana em relacao a liberdade de religiao neste pais, os USA.

Ele diz que nos, membros da Igreja, nao devemos nos sentir ameacados ou coagidos a nos silenciarmos devido a ameacas que estamos sofrendo.

Seu discurso teve ate agora um grande impacto ate mesmo na comunidade de nao membros e, depois da Conferencia Geral, onde tivemos fortes testemunhos como no caso de Elder Holland contra a onda anti-mormon que ataca a Igreja nos ultimos meses, tem detonado outros sentimentos contrarios em muitos.

Sera que temos realmente liberdade de religiao, ou, como Elder Oaks diz, estamos sendo constantemente bombardeados pelos jargoes anti-mormons, ateus e gays mundo afora que deturpam e aumentam os ataques em relacao as nossas crencas?

Na segunda feira, 5 capelas foram apedrejadas com pedras e mensagens anti-mormons, tendo seus vidros quebrados, ao centro-sul de Utah:

http://www.abc4.com/content/news/top%20stories
 
Aqui o discurso completo, incisivo e corajoso:


http://www.fox13now.com/news/seenontv/kstu-lds-apostle-oaks-byu-idaho-speech,0,5546915.story?page=1
 
Lds Newsroom colocou os videos do discurso:


http://newsroom.lds.org/ldsnewsroom/eng/news-releases-stories/apostle-says-religious-freedom-is-being-threatened
 
Muitas vezes defendemos os nossos... mas nao reconhecemos quando estao errados! Acredito mesmo que nao podemos generalizar todas as pessoas de um grupo.


Nao temos somente pessoas honradas no mundo, que colocam seu sentimento em primeiro plano, a consideracao pelo seu proximo.

Temos pessoas, hetero ou homo, que sao excelentes pessoas, que buscam e cuidam dos seus, que estao preocupadas e engajadas na luta para um mundo melhor.

Assim como temos pessoas de diversas indoles dentro e fora da Igreja, em nossa propria familia, em nossa vizinhanca, tambem temos no mundo gay.

O preconceito tem que acabar de ambos os lados.

Aqui em Utah, e em varias outras partes dos USA e do mundo, existem grupos gays contra a depredacao, humilhacao, e perseguicao que alguns grupos de pessoas que tambem sao homossexuais, e ate se desculpam pelo que outros estao fazendo.

Assim como nos desculpamos as vezes por mormons que sao radicais e fanaticos, e destratam outros, eh valido que aqueles homossexuais ou mesmo heterossexuais que realmente querem apenas alguns direitos sem tirar os direitos de ninguem, e vivem suas vidas, reconhecam as atitudes insanas de outros em seu proprio grupo. E nao sejam fanaticos tambem.

Defender a depredacao e ameaca a criancas e familias e acusar um apostolo de pedir para os membros votarem e lutarem pelos seus direitos, eh contraditorio. Se direitos devem ser iguais, deveres tambem. Pra todos.

Alguns insistem que a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Ultimos Dias financiou a proposicao 8, o que eh mentira, foram somente doacoes de alguns membros. Afinal, os gays e simpatizantes doam mais de 75 milhoes todos os anos para as paradas gays. Eh indiscutivel que eles tem direitos. Eh indiscutivel que o preconceito precisa acabar.


Mas, diga-se de passagem, por que entao eles nao ganharam no voto? Se tiveram o mesmo montante de dinheiro doado dos seus, assim como os favoraveis a Prop.8 tiveram (procure o topico, la tem as fontes), por que entao nao ganharam no voto?

Agora querem ganhar no grito?

A melhor maneira de mudar algo, pra pessoas civilizadas, eh o voto.

Se ver a porcentagem de pessoas que votaram na Prop.8, menos de 30% sao membros da Igreja. E nao eh o total de dinheiro doado que os fez perderem.
Os pontos de Elder Oaks nao foram apenas sobre os ultimos acontecimentos relativos ao Casamento Gay, mas ele tambem falou de comunismo, ditatorismo e outras manifestacoes que ocorrem no mundo hoje que tiram a liberdade de religiao. Ele tambem citou a decadencia da democracia em prol de minorias!

O proprio Elder Oaks cita a melhor definicao de Democracia de Richard John Neuhaus:

In a democracy that is free and robust, an opinion is no more disqualified for being ‘religious’ than for being atheistic, or psychoanalytic, or Marxist, or just plain dumb.”

Independente do discurso preconceituoso de alguns membros da Igreja, a Primeira Presidencia e os Apostolos ate agora sao os unicos que disseminam a ideia de que os homossexuais devem ser tratados com amor, com direitos (tanto eh que nao nega os direitos, sendo que mesmo aqui em Utah eles tem), com tolerancia e livres de preconceitos.

Mas nao tenho visto um, somente um, discurso civilizado por parte deles na 'luta por seus direitos', como minoria.

Eh gracas a liberdade de religiao na Constituicao dos Estados Unidos, que muitos paises, inclusive o Brasil, tem o que tem hoje em suas leis a respeito tanto disso, como o bem dos direitos destas minorias.

Mas ai alguns dizem que resultado de votacao nao eh tudo, que a voz do povo nao eh a voz de Deus, afinal Hitler ganhou maioria dos votos, e ate Lula e Obama! Eu ate concordo com isso!


Vox populi, vox Dei? Nao?

Agora, qual eh a voz de Deus?

Lembrei-me da origem desta expressao...
 
Na Grecia, havia um templo dedicado ao deus Hermes (Mercurio, para os romanos) que funcionava como oraculo, mas era diferente do consagrado a Apolo, em Delfos.


La, nao tinha nenhuma pitonisa para interpretar a mensagem da divindade. Quando alguem queria fazer alguma consulta a Hermes, entrava no templo, entregava a sua oferenda e ia ate a estatua do deus do comercio.

Fazia uma pergunta baixinho, junto ao ouvido dele e, em seguida, tampava os ouvidos. Saia do templo, que ficava em uma rua muito movimentada, e, no meio da rua, destampava os ouvidos.

A primeira coisa que ele ouvisse naquele burburinho era a resposta de Hermes a sua pergunta, porque “a voz do povo era a voz do deus”.

Este templo funcionou ate fins do século IV d. C. Ali, se cultuavam os misterios de Hermes Trimegisto. Foi o ultimo templo a ser desativado, foi o ultimo deus mitologico a receber oferendas. O Cristianismo aquela epoca ja tinha se desenvolvido. Era hora da nova religiao substituir as antigas crencas.

Eis que, dezenas de seculos depois, aquela frase do culto do deus Hermes servia para justificar a obrigacao do voto para o nosso povo eleger um bando de picaretas ou pra conseguir direitos para as minorias...

Pobre deus Hermes, pobre povo...

Se bem que Hermes tambem era cultuado como o “deus dos ladroes”.

Eh, entao faz todo sentido...

Mas infelizmente o voto ainda eh a unica arma legal que alguem pode conseguir mudar algo.

Ate que Deus venha e proclame em alto e bom tom sua voz, o que tem sido feito atraves de seu profeta vivo nesta ultima dispensacao.

Vale dizer ainda que Hermes era o deus mais ocupado do Olimpo. Tanto que raramente ele foi representado sentado. Com aquelas asinhas no capacete e nas sandalias, o cara nao sossegava.


Ele era cultuado, indistintamente, como deus dos ladroes, do comercio, dos advogados, dos viajantes, dos condutores, dos diplomatas... hehe, parece que nossos politicos tem um pouco de cada uma dessas 'qualidades'.

O sistema inteiro das leis de direitos humanos se baseia no fato de que cada ser humano tem direitos inalienaveis por causa de sua dignidade intrinseca. Esses direitos existem porque cada ser humano foi criado conforme a imagem de Deus. A origem dos direitos humanos nao esta nos governos nem nas organizacoes internacionais, mas nas leis de Deus.

Em reacao as atrocidades que o governo nazista cometeu, paises de comum acordo criaram um sistema para proteger os direitos humanos fundamentais. O principal alicerce desse sistema eh a Declaracao Universal dos Direitos Humanos que, de acordo com Rene Cassin (um de seus principais autores), se baseou nos Dez Mandamentos da Bíblia.

O Artigo 16 da Declaracao Universal dos Direitos Humanos diz:

· Os homens e as mulheres de plena idade, sem nenhuma limitação devido à raça, nacionalidade ou religião, têm o direito de se casar e estabelecer uma família;


· A família é a unidade fundamental da sociedade e tem o direito à proteção da sociedade e do Estado.

Conforme o Artigo 18:

· Todos têm o direito à liberdade de pensamento, consciência e religião…

Elder Oaks so relembrou o porque dos direitos humanos terem sido criados.

Interessante eh que a liberdade religiosa eh um direito que custou a ser conquistado atraves dos tempos e teve seu surgimento, de modo contestado, justamente na Inglaterra, e, de modo efetivo, na França. No Brasil surgiu em 1890. Hoje a Inglaterra parece ser o berco do ateismo... ironico...

Comecou, apesar de não ter sido geral, na Bill of Rights inglesa, pois neste documento publicado apos a famosa Revolucao Gloriosa, havia a concessao da liberdade de religiao para todos os protestantes exceto para os catolicos, que ainda continuariam a serem perseguidos e discriminados nas terras inglesas.

Cem anos depois o mundo conheceria o primeiro documento que concederia liberdade de religiao a todos, a celebre Declaracao dos Direitos do Homem e do Cidadao, que em seu artigo 10° assegurava o direito de ter qualquer opiniao religiosa desde que nao prejudicasse a ordem.

Ja os Norte americanos, que tiveram sua nacao formada por fugitivos e perseguidos religiosos da Coroa Inglesa, tiveram sua propria 'Bill of Rights', publicada somente em 1791.

No Brasil, a liberdade de culto so foi aceita e legalizada apos Proclamacao da Republica, atraves do Decreto 119-A, de 1890, de autoria de Ruy Barbosa. E se tornou norma constitucional com a Constituicao de 1891, que transformava, inclusive, o Brasil em um Estado Laico, portanto, sem uma religiao oficial definida por lei.

Mas dai vem Lula e aprova o ensino catolico nas escolas, quebrando a propria Constituicao...

Quando a sociedade exige uma conduta que contradiz o que a humanidade sabe no coracao que eh certo e verdadeiro, o Estado imporá tal conduta. Eh a famosa “Lei de Colson", que essencialmente declara que quanto mais uma sociedade eh governada pela consciencia, menos exigirá em policiamento e obediencia forçada da lei.

E o mesmo padrão acompanha os esforços dos ativistas gays.
 
Quanto menos consciencia, ou dominio proprio (que eh governar a si mesmo), mais policiamento sera exigido (isto é, totalitarismo).


Esse mesmo padrao acompanha os esforços dos ativistas gays, que buscam legitimar os atos homossexuais por meio da imposicao do “casamento” homossexual. Incapazes de contar com os meios democraticos para avançar sua agenda, os militantes homossexuais fazem uso de juizes ativistas, campanhas de propaganda, doutrinacao dos jovens e taticas de intimidacao (e depredacao ) para impor sua visao moral.

Eu concordaria plenamente se a essencia da agenda homossexual e suas reivindicacoes exigindo a legalizacao do “casamento” homossexual tivesse algo a ver com a expansao de direitos civis. Mas, o que esta acontecendo eh apenas impor a sociedade uma ordem inteiramente diferente.

Paula Ettlebrick, ex-diretora legal do Fundo de Defesa Legal Lambda, confirmou isso quando disse:

Ser homossexual é mais do que arrumar a casa, dormir com uma pessoa do mesmo sexo e buscar a aprovação do governo para fazer essas coisas… Ser homossexual significa mudar os padrões do sexo, sexualidade e família e, no processo, transformar a própria estrutura da sociedade (citado em William B. Rubenstein, Since When is Marriage a Path to Liberation? Lesbians, Gay Men, and the Law [NY: New York Press, 1993], 398, 400.).

Eles gritam em alto e bom tom que eh o Cristianismo (e as religioes em geral) que estao atrapalhando essa transformacao social. Portanto, eh inteiramente natural que à medida que o “casamento” gay ganhe terreno, a consequencia seguinte eh a supressao da liberdade de religiao e a perseguicao religiosa, afinal, se nao tiver quem dite a moral, ela nao precisara ser vivida.

A professora de direito da Universidade de Harvard Mary Ann Glendon reconheceu essa consequencia real da legalizacao do “casamento” homossexual. Ela escreve:


A liberdade religiosa também está em jogo… Toda pessoa e toda religião que discordar será tachada de intolerante e sofrerá discriminação pública. Duras penalidades serão aplicadas especialmente para pessoas e grupos religiosos que não seguirem [os novos padrões sociais]. As instituições religiosas sofrerão processos se recusarem negociar seus princípios (Mary Ann Glendon, “For Better or for Worse? The federal marriage amendment would strike a blow for freedom,” opinion post to online editorial page, The Wall Street Journal, 25 February 2004).


Existem inumeros casos, como o de Chris Kempling no Canada, Christian Vaneste na Franca, June Sheldom, assim como editoras evangelicas Zondervan e Thomas Nelson, e ate Julio Severo, pra citar algumas, onde perderam o direito a liberdade de crenca e expressao devido a retaliacao e tirania e injustiça sob a bandeira da tolerancia e aceitacao.
 
Os dois grupos merecem seus direitos, e nao podemos generalizar um ou outro, afinal tem gente boa e ruim em ambos, mas seria bom se os erros de ambos tambem fossem reconhecidos e corrigidos, nao somente de um grupo, afinal, temos tantos que debocham e denigrem a imagem de nossas Igrejas, e nao temos uma lei que faz disso um crime. Se ha, nao funciona.
 
Na Igreja, a Presidencia e autoridades ligadas a isso sabem exatamente o que dizem. Se ha membros que ainda discriminam, estao errados e nao estao seguindo o conselho de nosso profeta. A enfase dada pela mesma eh apenas em manter a instituicao do casamento entre homem e mulher.


Nao vejo essa unidade porem do outro lado.

Mas, pra entender melhor o que eu disse, eu foquei mais sobre a liberdade de religiao, que naturalmente se enfraqueceu devido a este assunto do Casamento Gay, mas existem tantos outros motivos para perde-la. Elder Oaks citou varios.

1 comment:

Eric Nagao said...

Os estereótipos mórmon que a mídia americana faz provavelmente irão almentar em paralelo com a tolerância a ataques que sofremos por conta de protestos, assim, alguns, como foi dito no texto, pela força, irão conseguir os direitos, mas de um modo que oprime a nossa "minoria". Desse modo a sociedade fica num "bate e volta": oprimidos - revolução - oprimidos - revolução... nunca chegam a um consenso que respeite todos os lados involvidos.